sexta-feira, 30 de março de 2012

PRONOMES, PREPOSIÇÕES, NUMERAIS, PÁG. 83 A 95 (AFA/EFOMM/ESPCEX) 2014 CURSO MASTER

GABARITO (PRONOMES)
TEORIA: PÁG. 83 A 88
EXERCÍCIOS: PÁG. 88 A 95


CLASSIFICAÇÃO DOS PRONOMES:
1. PESSOAIS (RETOS, OBLÍQUOS E DE TRATAMENTO)  TODOS SÃO SUBSTANTIVOS
2. DEMONSTRATIVOS (ADJETIVOS OU SUBSTANTIVOS)
3. POSSESSIVOS (ADJETIVOS OU SUBSTANTIVOS)
4. RELATIVOS (ADJETIVOS OU SUBSTANTIVOS)
5. INDEFINIDOS (ADJETIVOS OU SUBSTANTIVOS)
6. INTERROGATIVOS (ADJETIVOS OU SUBSTANTIVOS)

PRONOMES ADJETIVOS : SÃO OS PRONOMES QUE ACOMPANHAM SUBSTANTIVO, POR ISSO TODOS ELES EXERCEM A FUNÇÃO SINTÁTICA DE "ADJUNTOS ADNOMINAIS".
EXEMPLO:      MEU ALUNO VIAJOU PARA MARACANAÚ.  (PRON. POSS. ADJ./ ADJ. ADN.)
                         ESTES LIVROS SÃO EXÓTICOS. (PRON. DEMONST. ADJETIVO/ ADJ. ADN.)
     ENCONTREI ALGUNS ALUNOS NO BAR DO RAILSON. ( PRON. INDEF. ADJ. / ADJ. ADN.)



PRONOMES SUBSTANTIVOS: SÃO OS PRONOMES QUE REPRESENTAM O NÚCLEO, PORTANTO, NÃO ACOMPANHAM SUBSTANTIVOS, REPRESENTA-OS.
EXEMPLO :  QUEM  VIAJARÁ COMIGO? (PRON. INTERROGATIVO SUBST./SUJEITO)



OS PRONOMES RETOS FUNCIONAM QUASE SEMPRE COMO SUJEITO E OS OBLÍQUOS COMO COMPLEMENTOS VERBAIS (OBJETO DIRETO E INDIRETO) OU NOMINAIS.

OS PRONOMES OBLÍQUOS ÁTONOS SÃO ONZE:
O, A, OS, AS   :      OBJETO DIRETO
LHE, LHES      :      OBJETO INDIRETO
ME, TE , SE , NOS, VOS (OBJETO DIRETO OU INDIRETO, DEPENDENDO DA REGÊNCIA DO VERBO)
TAIS PRONOMES SÃO ÁTONOS PORQUE SÓ EXISTEM AO LADO DE UM VERBO:
ANTES DO VERBO (PRÓCLISE)
DEPOIS DO VERBO (ÊNCLISE)
NO MEIO DO VERBO (MESÓCLISE)
NUNCA APARECERÃO REGIDOS DE PREPOSIÇÃO.


OS PRONOMES OBLÍQUOS TÔNICOS SEMPRE APARECERÃO  REGIDOS DE PREPOSIÇÃO:
MIM, TI, SI, COMIGO, CONTIGO, CONSIGO ETC.


CORREÇÃO DOS EXERCÍCIOS, PÁG. 88
01.
A. (3)
B. (3)  (3)
C.(4)  (2)
D. (1)  (1)  (2)
E. (1)  (1)  (2)  (2)
F. (2)
G. (3)
H. (4)
I. (2)
J. (2)


02.
A. (2)
B. (3)
C. (3)
D. (1)
E. (2)
F. (3)
G. (1)
H. (3)
I.  (2)
J. (3)


03. B.....(TUDO O(AQUILO) QUE É BOM CUSTA CARO)
       O, A, OS, AS (FUNCIONAM COMO PRONOME DEMONSTRATIVO QUANDO PUDEREM SER SUBSTITUÍDOS POR  OUTRO DEMONSTRATIVO: AQUILO, AQUELE(A) (S)

04. C   (CONJUNÇÃO INTEGRANTE, POIS O ANTECEDENTE É UM VERBO)  - PRONOME RELATIVO TEM COMO ANTECEDENTE, REFERENTE "SUBSTANTIVO OU OUTRO PRONOME".

05.
A. MIM OU TI
B. EU
C. MIM OU TI
D. TI
E. CONOSCO OU COM VOCÊ
F. CONSIGO
 G. COM NÓS
H. TU
I. CONOSCO OU COM VOCÊ


06,
A. DE QUE OU DO QUAL
B. EM QUE OU NA QUAL
C. ONDE, EM QUE, NA QUAL
D. DE QUEM OU DO QUAL
E. DE CUJAS
F. EM QUEM, NA QUAL
G. A QUE, ÀS QUAIS
H. DE QUE OU DA QUAL
I. CUJAS
J.COM QUEM OU COM A QUAL

07.  D

08.   C

09.  A

10. C    (PERMITIU: VTDI, A ELE: OI, LHE: OI PLEONÁSTICO, FAZER A PROVA: OD, OU SEJA, ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA OBJETIVA DIRETA, REDUZIDA DE INFINITIVO)

11. B

12.  D

13.  C

14.  E

15.  D

16.  C

17.  D

18.  E

19.  E

20.  E

21. C

22.  E

23.  D






EXERCÍCIOS  (PRONOMES, PÁG. 90)

01.  E

02.  D

03.  C

04.A. TODOS OS SERES, QUALQUER SER
     B. INTEIRO, COMPLETO

05.    EU    -    MIM

06.     MIM    -   EU

07. VERSOS 02 E 03 (OS PRONOMES OBLÍQUOS QUE INDICAM POSSE, SINTATICAMENTE, FUNCIONAM COMO ADJUNTOS ADNOMINAIS)


08.
A. "O"  (FUNCIONA COMO OBJETO DIRETO PORQUE O VERBO É TRANSITIVO DIRETO)
B. "LHE" (FUNCIONA COMO OBJETO INDIRETO PORQUE O VERBO É TRANSITIVO DIRETO E INDIRETO)
COMO OS PRONOMES : ME, TE, SE , NOS, VOS  PODEM SER OBJETO DIRETO, USEM O SEGUINTE CRITÉRIO:
A) SE TROCAR UM DESSES PRONOMES PELA EXPRESSÃO "O MENINO" É PORQUE FUNCIONA COMO OBJETO DIRETO
B) MAS SE PERMUTAR PELA EXPRESSÃO PREPOSICIONADA "AO MENINO" É PORQUE FUNCIONA COMO OBJETO INDIRETO



09. B    (O VERBO VER É TRANSITIVO DIRETO, ENTÃO SÓ ADMITE UM PRONOME QUE FUNCIONE COMO OBJETO DIRETO)
OBSERVAÇÃO: O, AS, OS, AS (OBJETO DIRETO, USADO COM VERBO TRANS. DIRETO)
LHE, LHES (OBJETO INDIRETO, USADO COM VERBO TRANSITIVO INDIRETO)



10. B

11. B   (HÁ TRÊS VERBOS, QUE MESMO SENDO TRANSITIVOS INDIRETOS NÃO ADMITEM O PRONOME OBLÍQUO LHE: ASSISTIR, VISAR, ASPIRAR)

OS VERBOS OBEDECER E DESOBEDECER SÃO SEMPRE TRANSITIVOS INDIRETOS E ADMITEM OS PRONOMES LHE OU LHES SEMPRE.


12.  C

13.  HÁ QUATRO VERBOS AUXILIARES EM PORTUGUÊS: TER, HAVER, SER, ESTAR (SÃO EMPREGADOS PARA FORMAÇÃO DOS TEMPOS COMPOSTOS E DAS LOCUÇÕES VERBAIS).
OS VERBOS QUE APRESENTAM DUPLO PARTICÍPIO SÃO CHAMADOS DE ABUNDANTES. OS PARTICÍPIOS QUE TERMINAM EM ADO OU IDO SÃO REGULARES E OS QUE APRESENTAM OUTRAS TERMINAÇÕES SÃO IRREGULARES.
QUANDO EMPREGAMOS OS PARTICÍPIOS REGULARES E OS IRREGULARES?
COM OS VERBOS AUXILIARES "TER , HAVER", EMPREGAMOS O PARTICÍPIO REGULAR
COM OS VERBOS AUXILIARES "SER E ESTAR", EMPREGAMOS O PARTICÍPIO IRREGULAR, OU SEJA, QUE NÃO TERMINA EM "DO"".
OS VERBOS "GANHAR, GASTAR, PAGAR" PODEM SER USADOS DE ACORDO COM A REGRA ANTERIOR, OU EMPREGAR COM QUALQUER AUXILIAR AS FORMAS IRREGULARES:"GANHO, GASTO, PAGO", PORQUE SEMPRE ESTÃO CORRETAS.

VEJAMOS A TEORIA NA CORREÇÃO DA QUESTÃO 13 DA PÁG. 116


A... IMPRIMIDO   (PARTICÍPIO REGULAR, EMPREGADO COM O VERBO TER)
B. IMPRESSOS
C.  ACENDIDO
D. EXTORQUIDO
E. ACEITADO
F. EXPRESSADO
G. DESCOBERTO (NÃO EXISTE A FORMA DESCOBRIDO, POIS O VERBO NÃO É ABUNDANTE)
H. ESCRITO (NÃO É CORRETA A FORMA ESCREVIDO, POIS O VERBO NÃO É ABUNDANTE)
OS PRINCIPAIS VERBOS ABUNDANTES DA LÍNGUA PORTUGUESA ESTÃO NA PÁGINA 108 DA APOSTILA.

14.
A.     SSE
B.      RA


15.
A. (QUE, QUEM , ONDE), DESDE QUE TENHAM COMO ANTECEDENTE SUBSTANTIVO OU OUTRO PRONOME.

B.
1. AS PESSOAS DE QUEM GOSTO COSTUMAM FREQUENTAR O FITEIRO.
2. AQUELAS GAROTAS QUE ENCONTRAMOS NO BAR DO RAILSON SÃO LEGAIS.
3. ESTAS SÃO AS CIDADES ONDE OCORRERAM TERREMOTOS.


16.
A. ESTE
B. ESSAS
C. ISTO (O)
D.           AQUELE
E. ESSE
F. ESTES
G. AQUELES








NUMERAIS (EXERCÍCIOS, PÁG. 92)
01. A
02. (3)
      (5)
      (1)
      (4)
      (2)




EXERCÍCIOS (REVISÃO, PÁG. 92)
01.
A. EU
B. EU
C. MIM
D. EU
E. MIM
F. EU
G. MIM


02.
A. V. Ema.
B.  V. S.
C.  V.A.


03.  D

04.
A. TEU
B. SEUS
C. SUA


05.
A. ELES PRETENDEM ROUBAR-TE AS INVENÇÕES.  (TE = AS TUAS)
B. UMA ANGÚSTIA TERRÍVEL TIRAVA-LHE O SONO. (LHE = O SEU)
C. UM TEMPORAL TIROU-NOS AS ÚLTIMAS ESPERANÇAS DE ENCONTRÁ-LO VIVO.(NOS = AS NOSSAS)
D. DE REPENTE, BRILHOU-ME NO CÉREBRO UM PLANO. ( ME = NO MEU)

OBS.: TAIS PRONOMES OBLÍQUOS QUE INDICAM POSSE FUNCIONAM SINTATICAMENTE COMO ADJUNTOS ADNOMINAIS: ME, TE, LHE, NOS, VOS.
ATENÇÃO EM CONCURSOS: O PRONOME "LHE" INDICANDO POSSE NÃO FUNCIONA COMO OBJETO INDIRETO, MAS SIM COMO ADJUNTO ADNOMINAL.

06.
A. AQUELA
B. ESTES
C. ESSAS
D. AQUELE
E. ESTE

07. D

08. B    (CONJUNÇÃO SUBORDINATIVA INTEGRANTE, POIS O ANTECEDENTE É UM VERBO)

09..
A. EXISTEM MUITOS LIVROS BONITOS QUE (OS QUAIS) PRETENDO CONHECER.
B. EU IREI À CIDADE ONDE (EM QUE, NA QUAL) VOCÊ NASCEU.
C. VOCÊ CONFIA EM MUITAS PESSOAS COM AS QUAIS NÃO CONCORDO.
D. ESTE É O ESCRITOR CUJOS LIVROS FAZEM MUITO SUCESSO.
E. NÃO MATARAM A COBRA POR QUE (PELA QUAL) O GAROTO FOI PICADO.
F. TODOS CONHECEM A CRIANÇA DE QUEM (DA QUAL) VOCÊ ESTÁ FALANDO.


10.
TUDO: PRONOME INDEFINIDO ADJETIVO
QUE : PRONOME RELATIVO
O : PRONOME DEMONSTRATIVO (AQUILO)
O : ARTIGO DEFINIDO MASCULINO SINGULAR (NÃO É PRONOME)

11. E

12.  A




13.  A  (PRONOME OBLÍQUO ÁTONO INDICANDO POSSE, SINTATICAMENTE ADJUNTO ADNOMINAL E NÃO OBJETO INDIRETO)


14.  C

15.
A. ESTA MÃO
B. ESSA MÃO


16.  A

17.  B

18.  C

19.  C

20.  C

21.  E

22.
A. DE + AS = DAS
B.  A + AS + ÀS  (CRASE)
C.  EM + AS + NAS
D.   A + AS + ÀS (CRASE)


23.
(E)
(C)
(C)
(E)


24.  E


25.
A. SEGUNDO
B. DOZE
C. DÉCIMO
D. ONZE


26.  B

27.  A

28.  A

29.  C



               

Nenhum comentário:

Postar um comentário